Pastorado e cuidado

O cuidado hermetiza a vida, congela a essência do desejo. E desse frio não quero mais. Quero ser descuidado, violado, anarquizado, levado ao limite para transpô-lo. E pobre também da vida pautada em descuidados, em formas que ditam o incêndio da alma. Deixem-me queimar, só isso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s