Homenagem

Resolvi fazer uma homenagem a um grande amigo meu e publicar seu texto. Me identifiquei muito com essa crônica, acho que ela representa muito bem com a imagem que tenho desse meu camarada – talvez por eu de certa forma fazer parte dessa história.
O texto não tem título.
(tiagozecolmeia)

Começou aos poucos.Os efeitos surgiram delicadamente, imperceptíveis ao olho nu. Primeio foi o a namorada, depois foi a família, o emprego, a faculdade, tudo que fazia parte da sua vida evaporou. Ele não tem mais nada agora.

Um dia ele ligou para a namorada e ela desligou na cara: Mas que estranho, pensou. Inssistiu, inssistiu. INSSISTIU. Um dia desistiu de ligar. Talvez ela tenha caído na real e não tenha coragem de contar, tudo bem. Era estranho, as vezes ele ligava para algumas pessoas, velhos amigos, tinham mudado de telefone, “não tinha ninguém com esse nome”. Parou de receber e-mails de várias listas, como se as pessoas se recusassem a escrever. Ligava para alguém e perguntava: Como você está? Respondiam: “Estou bem, não se preocupe”. Perguntava quais eram as novas, desligavam sem dar explicação. Foi morar longe, esquecer o que estava acontecendo mas ninguém estava querendo saber o endereço.

Meditava: “O que fiz de tão errado?”. Algumas pessoas pareciam ter medo dele quando ele andava na rua, então ele perguntava as horas, só pra ver a reação. Via uma menina bonita e sorria, ela apressava o passo, tentava fugir. “O que acontece?” se olhava no espelho por horas tentando identificar o que estava errado: Não via nada de mais. Sua mãe as vezes ligava e perguntava se precisava de alguma coisa, se sentia frio; era verão.

Então um dia não ligou mais para ninguém, ninguém ligou. Não escreveu para ninguém, ninguem escreveu nada para ele. Parou de falar com as pessoas, só o essencial: “Quanto custa isso?” “Que horas são?” “3 pães!” “Obrigado!”.

Um dia pensou: “Devo ter ficado invisível! É isso!” Tirou a roupa e foi dar uma volta na praça. Uma menina no colo da mãe apontou para ele e gritou: “Mamãe! Um homem sem cabeça!”

Rodrigo.

Anúncios

Um comentário sobre “Homenagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s